Colombiana vence a 24ª seguida, avança na 35ª edição do Campeonato Internacional Juvenil de Tênis de Porto Alegre e sonha com o Nº 1 do mundo no profissional

Diante de bastante sol e calor na tarde desta terça-feira, a colombiana Maria Serrano ampliou sua sequência vitoriosa e atingiu a segunda rodada na 35ª edição do Campeonato Internacional Juvenil de Tênis de Porto Alegre, também conhecida como Copa Gerdau – Itaú, que tem o apoio da Lei de Incentivo ao Esporte – Ministério do Esporte – Governo Federal do Brasil de Tênis. O torneio é um dos nove maiores do mundo. A entrada ao público é gratuita na Associação Leopoldina Juvenil.

A principal favorita ao troféu e sexta do ranking superou a americana Vanessa Ong, a atleta de Cúcuta, na Colômbia, por 7/6 6/2 e engatou sua 24ª vitória consecutiva: “Estou muito feliz. Foi um jogo muito difícil onde tive de virar a partida, mas depois em diante conseguir voltar a apresentar o que sei jogar. Agradecer a Deus e agora seguir adiante”, disse a jogadora que conquistou os títulos do Banana Bowl, em Criciúma (SC), o Assuncion Bowl, no Paraguai, Barranquilla, na Colômbia, e a Costa Rica. Esse número não sobe a cabeça da jogadora.

“Muito feliz na verdade, como sempre digo, primeiro agradecer a Deus. Agora me concentrar para mais uma partida porque essa já passou. É seguir indo adiante e espero o jogo virá”.

Maria Osorio está entusiasmada com a disputa da competição e principalmente para buscar sua quinta conquista consecutiva. Mas a jogadora é ambiciosa e sonha em ser a número 1 do mundo profissional.

“Sempre fui uma criança muito competitiva. Queria ganhar todas, ser a primeira em tudo. E o tênis me completou. Um esporte individual e de competição, me encantou e é perfeito para mim. Me dou muito bem nele, desde pequena. Quero ser profissional, pretendo me tornar a número um do mundo. Este é o meu sonho, estou vou trabalhar para isso”.

A colombiana por vezes vai aos Estados Unidos para intensificar seus treinamentos e aprimorar sua jogadas. Porém, mesmo por vezes ficando longe de seu país natal, sua familia sempre a acompanha e lhe entrega o maior suporte: “Amo muito minha familia, me dão tudo desde os 6 anos eu comecei a jogar. Eles sempre estiveram lá, nos treinamentos, nos torneios. Minha mãe está comigo agora”. Sua adversária de segunda rodada será a sérvia Andjela Skrobonja ou a espanhola Pilar Harper.

No masculino, outro favorito estreou e também venceu. Durante a tarde o argentino Sebastian Baez, cabeça de chave número 2 e sexto do ranking, enfrentou o japonês Shunsuke Mitsui e marcou 6/3 6/4.

Um suiço com muita ginga e e a pimenta baiana está na segunda rodada na capital gaúcha. Aaron Schmid é filho de uma brasileira sotoropolitana e se mudou para a Bahia no ano passado. Ele marcou um duplo 6/3 sobre o americano Benjamin Kittay e pega o brasileiro Matheus Pucinelli.

Pelo menos oito brasileiros brigam por vaga nas oitavas de final nesta quarta-feira. Rodada larga às 10h com duelo de mineiro contra espanhol recordista no profissional da ATP

A quarta-feira será recheada com todos os jogos de segunda rodada totalizando 32 jogos somente na chave de simples valendo vaga nas oitavas de final. O Brasil terá pelo menos oito representantes na disputa a partir das 10h na Associação Leopoldina Juvenil.

O pernambucano João Lucas Reis, 11º favorit,o pega o americano Sangeet Sridhar. Paulista de São José do Rio Preto, Matheus Alves, cabeça de chave14, enfrenta o holandês Daney Wassermann. Matheus Pucinelli, 15º favorito, que fez quartas de final no ano passado, mede forças contra o suíço-brasileiro Aaron Schmid. Seu pai, Markus, é suíço o acompanha na capital gaúcha. Gilbert Klier, que também fez quartas do ano passado, encara o cabeça de chave 10, o argentino Facundo Acosta. Rafael Marques, campeão da categoria 16 anos ano passado e que foi campeão do pré-quali na semana passada, encara o dominicano Nick Hardt e o mineiro pupilo do técnico de Bruno Soares, João Ferreira, pega o espanhol que recusou treinar na academia do Rafael Nadal para permanecer com treinador brasileiro, Nicolas Alvarez Varona. Nicolas é o mais jovem a somar ponto profissional na ATP com 14 anos e três meses, hoje tem 16. Igor Gimenez e Mateo Reyes jogam nesta quarta também.

O início da noite foi marcado por forte chuva com dois jogos de brasileiras passando para a quadra coberta. Marina Figueiredo, que liderava por 4/1 no terceiro set, teve seu jogo mudado. A tenista sentiu a pausa e acabou derrotada por 3/6 6/1 7/5 para a canadense Alexandra Vagramov. A rodada de duplas do feminino foi cancelada.

Favoritos vencem nos 16 anos

Principal favorito na categoria 16 anos masculino, Bruno Oliveira venceu na tarde desta terça-feira, nas quadras da Sogipa e avançou para a terceira rodada do Campeonato Internacional Juvenil de Tênis de Porto Alegre. Em duelo brasileiro, o mineiro venceu o paranaense Adriell Santos, epor 6/4 6/3. Pela terceira rodada encara o também paranaense, João Duleba, décimo terceiro pré-classificado. Duleba ganhou do paulista Gabriel Constantino, de virada, parciais de 2/6 7/5 7/6 (7/4).
“Conhecia meu adversário, sabia das dificuldades, mas acredito que fiz a melhor partida destas últimas duas semanas, declara. Sobre o restante da competição, não coloca metas, mas quer ir o mais longe possível. – Criar expectativas é complicado, porque se perde pode gerar frustrações e insegurança. Estou focado em melhorar meu rendimento, assim os resultados vão vir naturalmente,” esclarece.
Quem também venceu foram João Loureiro e Pedro Boscardin, candidatos ao título na capital gaúcha. O mineiro Loureiro, segundo favorito passou pelo paulista Rafael Bortoli, em dois sets, por um duplo 6/1. Pelas oitavas de final enfrenta o peruano Diego Serra, décimo quinto pré-classificado. Apesar das condições diferentes da semana passada em Caxias do Sul, o tenista disse que a estréia deu para o gasto. – Primeiro jogo, venho de título, nem sempre jogamos todos os jogos, mas o mais importante foi à vitória. Vou melhorando aos poucos, mas tenho que jogar mais para repetir as últimas campanhas. Sei que querem me ganhar, mas estou tranqüilo, sem pressão e confiante no que estou fazendo. Vou manter o foco para mais um caneco, finaliza.
Já o catarinense Boscardin, também em duelo brasileiro, ganhou do paranaense Márcio Silva, por um duplo 6/2. Na próxima rodada seu adversário será o paraguaio Lucas Risso, décimo pré-classificado.
Boscardin avaliou que jogou uma grande partida, já que o adversário era complicado. “Ele era forte, sacava bem, mas minha devolução funcionou perfeitamente. Valeu pelo primeiro jogo. Quero ir bem em Porto Alegre para conseguir a vaga na gira européia, depende só dos meus resultados para conseguir meu objetivo”, apontou.
Uma grata surpresa foi à vitória de Breno Ferreira Marques. O paulista ganhou do chileno Matias Olivero, décimo segundo pré-classificado, em dois sets, placar de 6×3 e 6×0. Pelas oitavas de final enfrenta o uruguaio Francisco Llanes, sétimo favorito. Vindo do qualy, o tenista de Mato Grosso, Richard Gama também conseguiu um excelente resultado. Pela segunda rodada venceu o sexto favorito, o boliviano Victor Flores, placar 6/0 6/4. Na próxima fase, seu adversário será o argentino Ezequiel Monferrer, décimo primeiro cabeça-de-chave.
Quem também venceu e alcançou a terceira rodada foram os paulistas Gustavo Heide e Lucca Pinto e o mato-grossense Bryan Kuntz.

Três brasileiros avançam às oitavas nos 14 anos na Sogipa

Num dia bom para os brasileiros na categoria 14 anos masculino, com vitórias sobre alguns dos principais cabeças de chave, seis tenistas passaram para a terceira rodada.

Dentre os brazucas que avançaram mais uma rodada, destaque para Ricardo Dutra e Gabriel Barbosa, que venceram jogadores de melhor ranking. O paulista Ricardo Dutra ganhou do chileno Alejandro Bancalari, décimo sexto pré-classificado, de virada, placar de 6/7 (7/5) 6/3 6/3. Na próxima fase, enfrenta o cabeça de chave número um da competição, o paraguaio Adolfo Vallejo.  Já Gabriel Barbosa também conseguiu um excelente resultado. O alagoano passou pelo paraguaio, Alejandro Rolon, nono favorito, por um duplo 6/2. Pela terceira rodada joga contra o equatoriano Miguel Sicco, oitavo pré-classificado. Outro brasileiro que conseguiu um resultado expressivo foi Henrique Bertolli. O catarinense venceu Sebastian Castro, do Equador, décimo quarto favorito, em dois sets, placar de 6/4 6/3. Nas oitavas-de-final, seu adversário é o colombiano Nicolas Nino, quarto cabeça-de-chave.

Mas a principal vitória brasileira do dia foi de Bruno Fernandez. Não só por se tratar de um adversário que era candidato ao título, mas também pelo placar da partida. O catarinense ganhou do argentino Matias Juri, sexto pré-classificado, facilmente, em dois sets, parciais de 6/0 6/1. Na terceira rodada, encara o chileno Nicolas Valdez, décimo favorito.

Fernandez disse que não esperava uma vitória com um placar tão expressivo. “Comecei bem, percebi logo cedo que sua direita não estava entrando. Trabalhei este aspecto e fui muito feliz. Mas realmente me surpreendeu o resultado da partida. Agora quero ir mais longe em Porto Alegre, porque no Paraguai e em Caxias do Sul perdi nas primeiras rodadas. Uma vitória deste tipo, dá confiança para o resto do campeonato, avalia.

O paranaense Murilo Burckhardt e o paulista Lucas Andrade da Silva também chegaram à terceira rodada. Quem não teve a mesma sorte foi o gaúcho Gustavo Tedesco. O tenista do Recreio da Juventude, de Caxias do Sul, mais uma vez ficou na segunda rodada, como nos outros dois torneios que disputou este ano, perdendo para o peruano Gianluca Ballota, cabeça-de-chave número 11, por um duplo 6/4.

Principal favorito da categoria, o paraguaio Adolfo Vallejo venceu o boliviano Juan Prado Ângelo por um duplo 6/4 e agora tem confronto contra o brasileiro Ricardo Dutra. O segundo pré-classificado, o peruano Gonzalo Bueno ganhou do mineiro Giacomo Moreira, por duplo 6/1 e joga contra Lucas Silva.

A 35ª edição do Campeonato Internacional Juvenil de Tênis de Porto Alegre, também conhecida como Copa Gerdau – Itaú, tem o recorde de 59 países inscritos e conta com a participação de quatro jogadores do top 10 mundial, três no masculino e uma no feminino.

O torneio tem a presença de jogadores da África do Sul, Alemanha, Argélia, Argentina, Austrália, Bélgica, Bielorússia, Bulgária, Brasil, Canadá, Cazaquistão, Chile, China, Colômbia, Coreia do Sul, Croácia, Dinamarca, Equador, Egito, Eslováquia, Eslovênia, Espanha, Estados Unidos, Estônia, França, Geórgia, Grã-Bretanha, Grécia, Guatemala, Indonésia, Índia, Irlanda, Israel, Itália, Holanda, Hungria, Japão, Letônia, Malásia, México, Nova Zelândia, Paraguai, Peru, Polônia, Portugal, Rep. Dominicana, Rep. Tcheca, Romênia, Rússia, Sérvia, Suécia, Suíça, Tailândia, Turcomenistão, Turquia, Tunísia, Ucrânia, Uruguai, Venezuela.

São cerca de 1 mil atletas na disputa de todas as categorias do evento. A entrada é gratuita nos dois clubes da disputa.

Programação e Resultados desta Terça-Feira (27/02):

Quadra 1

10h – Igor GIMENEZ (BRA) vs. Marco FURLANETTO (ITA)

Juan Manuel CERUNDOLO (ARG) [3] 6/3 6/4 Natan RODRIGUES (BRA)

Sebastian BAEZ (ARG) [2] 6/3 6/4 Shunsuke MITSUI (JPN)

Alexandra VAGRAMOV (CAN) 3/6 6/1 7/5 Marina FIGUEIREDO (BRA)

16h – Clara TAUSON (DEN) [14] vs. Ana Paula MELILO (BRA)

Taha BAADI (CAN) / Shunsuke MITSUI (JPN) vs. Natan RODRIGUES (BRA) / Gilbert SOARES KLIER JUNIOR (BRA)

Daniil GLINKA (EST) / Brian SHI (USA) vs. Rodrigo DE SANTIS CARVALHO (BRA) / Rafael MARQUES DA SILVA (BRA)

Quadra 2

10h – Nicolas MEJIA (COL) [1] 6/1 6/2 Luciano TACCHI (ARG)

Mateo Reyes (BRA) 6/1 6/3 Tristan Boyer (EUA) [6]

13h – Maria Camila OSORIO SERRANO (COL) [1] 7/6 6/2 Vanessa ONG (USA)

Antonia SAMUDIO (COL) 6/1 6/0 Livia MARTINS TAVARES DA SILVA (BRA)

Ariana ARSENEAULT (CAN) 6/1 6/4 Isabela ALVAREZ MERCANTE (BRA)

Mateus ALVES (BRA) / Joao Lucas REIS DA SILVA (BRA) [6] vs. Pierce ROLLINS (USA) / Eliot SPIZZIRRI (USA)

Peter MAKK (HUN) / Brandon PEREZ (VEN) vs. Milledge COSSU (USA) / Santiago GALAN (COL)

Quadra 3

Henry VON DER SCHULENBURG (SUI) 6/2 6/1 Bruno CAULA (ARG)

. Drew BAIRD (USA) [4] 6/1 7/5 Joao SASSO (BRA)

13h – Aaron SCHMID (SUI) 6/3 6/3 Benjamin KITTAY (USA)

Katie VOLYNETS (USA) 6/1 6/0 Destinee MARTINS (GBR)

Sanyukta GAWANDE (USA) 6/3 6/3 Anfisa DANILCHENKO (RUS)

Roman Andres BURRUCHAGA (ARG) / Alejo Lorenzo LINGUA LAVALLEN (ARG) vs. Igor GIMENEZ (BRA) [7] / Matheus PUCINELLI DE ALMEIDA (BRA)

Nicolas ALVAREZ VARONA (ESP) / Joao FERREIRA (BRA) vs. Sebastian BAEZ (ARG) [2] / Clement TABUR (FRA)

Quadra 5

10h – Chih Chi HUANG (CAN) 6/3 6/3 Clement TABUR (FRA) [9]

Alejo Lorenzo LINGUA LAVALLEN (ARG) 6/1 7/5 Liam DRAXL (CAN)

13h – Ana MAKATSARIA (GEO) [12] vs. Erika Wichin CHENG (BRA)

Shavit KIMCHI (ISR) vs. Peyton STEARNS (USA) [7]

16h – Sabina DADACIU (USA) vs. Maria Lourdes CARLE (ARG) [2]

Aaron SCHMID (SUI) / Damien WENGER (SUI) vs. Ilarion DANILCHENKO (RUS) / Boruch SKIERKIER (ARG)

Quadra 4

Nicolas ALVAREZ VARONA (ESP) 6/1 6/7 (6) 6/4 Nicholas David IONEL (ROU)

Filip Cristian JIANU (ROU) [8] vs. Pierce ROLLINS (USA)

Andjela SKROBONJA (SRB) 13h – Pilar ASTIGARRAGA HARPER (ESP)

Lea MA (USA) [5] vs. Polina GUBINA (UKR)

16h – Bruno CAULA (ARG) / Antonio Cayetano MARCH (ECU) vs. William GRANT (USA) / Tyler ZINK (USA)

Sebastian RODRIGUEZ (PER) / Sebastian WELCH (CHI) vs. Juan Manuel CERUNDOLO (ARG) / Luciano TACCHI (ARG)

Quadra 6

Facundo DIAZ ACOSTA (ARG) [10] 6/2 6/4 Govind NANDA (USA)

Antonio Cayetano MARCH (ECU) 6/2 6/2 Boruch SKIERKIER (ARG)

13h – Andrea Agostina FARULLA DI PALMA (ARG) vs. Lorena MEDEIROS CARDOSO (BRA)

Marta CUSTIC (ESP) vs. Alexandra YEPIFANOVA (USA)

16h – Nick HARDT (DOM) / Sangeet SRIDHAR (USA) vs. Facundo DIAZ ACOSTA (ARG) [8] / Agustin RIQUELME COPPARI (ARG)

Mateo BARREIROS REYES (BRA) / Leonid SHEYNGEZIKHT (BUL) vs. Ronan JACHUCK (USA) / Diego RIVIERE PADILHA (BRA)

Quadra 7

Thiago Agustin TIRANTE (ARG) [7] 6/4 6/0 Milledge COSSU (USA)

Deney WASSERMANN (NED) 6/1 4/6 6/4 Ilarion DANILCHENKO (RUS)

13h – Rebeca C SILVA (POR) vs. Chloe BECK (USA) [16]

Mylene HALEMAI (FRA) vs. Georgia DRUMMY (IRL) [9]

16h – Taisei ICHIKAWA (JPN) / Naoki TAJIMA (JPN) [4] vs. Liam DRAXL (CAN) / Nicholas David IONEL (ROU)

Tristan BOYER (USA) / Govind NANDA (USA) [5] vs. Eric VANSHELBOIM (UKR) / Henry VON DER SCHULENBURG (SUI)

A programação e resultados da Sogipa com jogos dos 16 anos e 14 anos está disponível no site do evento – http://www.campeonatointernacional.com.br/

O Campeonato Internacional Juvenil de Tênis de Porto Alegre é apresentado por Gerdau e Itaú. Tem apoio da Lei de Incentivo ao Esporte – Ministério do Esporte – Governo Federal do Brasil, Britânia, Prado Bairro-Cidade, April e Laghetto Hotéis. A realização está sob a responsabilidade do IGE – Instituto Gaúcho do Esporte, e a organização, da PROTENIS Promoções Esportivas. Os órgãos oficiais são a Federação Internacional de Tênis (ITF), a Confederação Sul-Americana de Tênis (COSAT), a Confederação Brasileira de Tênis (CBT) – Correios, patrocinador oficial do tênis do Brasil, e a Federação Gaúcha de Tênis (FGT).

Acompanhe os resultados e destaques em nossas redes sociais – Facebook – https://www.facebook.com/CampeonatoInternacionalJuvenilDeTenisDePortoAlegre/ , Twitter – https://twitter.com/campeonatotenis e Instagram @campeonatointernacional

TRANSMISSÃO AO VIVO – A partir de segunda-feira haverá transmissão AO VIVO da quadra central da categoria 18 anos na Associação Leopoldina Juvenil através do site www.tenisvirtual.com.br e do site do evento http://www.campeonatointernacional.com.br/

MAIS FOTOS DOS JOGOS DESTA SEGUNDA DISPONÍVEIS EM - https://www.flickr.com/photos/140890900@N02/albums/with/72157693856381635

Fabrizio Gallas – Gallas Press – MTb – Nº 32361/RJ , Márcio Azambuja e Thiago da Rocha
Mais informações – (21) 994004061fabrizio@gallaspress.com.br
 , (51) 99994-4303a.marcio@terra.com.br e (51) 99380-5268 thiagosantosdarocha@gmail.com / Telefone Sala de Imprensa Associação Leopoldina Juvenil – (51) 3209-2894

Crédito: Gabriel Heusi/Heusi Action